Vivendo em louvor a Deus

Tudo que respira louve ao Senhor! Louvado seja o Senhor. Salmos 150.6 (Bíblia NVT)

 

Não há melhor maneira de iniciar um texto bíblico do que citando a própria bíblia, pois ela nos dá toda fé e razão para entoarmos louvores ao Rei dos reis e Senhor dos senhores. Sendo assim, louvemos a Deus pela própria sabedoria absorvida da Palavra! Desta forma, começo este texto de caráter tão importante em nosso meio, porque há uma gama enorme de pessoas se reunindo em prol do evangelho no mundo, então, seria um total egoísmo aprender algo tão lindo e guardar só para mim, ao invés de espalhar, como manda nosso querido Senhor Jesus Cristo (Marcos 16.15). Não devemos esquecer que foi através de alguém que o evangelho chegou para cada um de nós. É então, com grande amor e temor a Deus, que venho trazer este humilde texto acerca do louvor aos amados irmãos e irmãs.

                Bom, gostaria de trazer alguns significados importantes para o nosso tema. O que significa louvor? Por que música e louvor estão atrelados? Mas antes de responder a essas questões, entrarei em um ambiente muito conhecido entre os irmãos e irmãs: o livro dos Salmos e o seu significado.

                 O livro dos Salmos foi escrito por vários autores, entre eles estão: Moisés (Salmo 90), Davi, Salomão, os filhos de Corá, os filhos de Asafe, Etã e alguns autores desconhecidos. Sem entrar muito a fundo no estudo do livro, quero trazer a vocês, leitores, alguns dos principais fundamentos contidos neste livro que serão de grande valia para a continuidade do texto. São eles:

  • Deus como merecedor do louvor.
  • A revelação de Deus como o fundamento da adoração.
  • A expressão da esperança no Senhor Deus para a salvação, usando orações e louvores proferidos pelo Seu povo.

               A palavra Salmos tem alguns significados: Tehilim (nome do livro em hebraico, que significa Cânticos de louvor ou Livro dos louvores), Mizmor (do hebraico Músical ou refere-se ao som produzido pelas cordas de uma harpa – 3;4; etc.), outros significados também aparecem no livro, como; Shir (cântico – 18), Shir yedidoth (cântico de amor – 45), Shir tehillah (Cântico de louvor – 145), Tepillah (Oração – 17;86), e mais alguns significados desconhecidos.

                Sem mais delongas, a palavra louvor significa ato de louvar, de exaltar e glorificar algo ou alguém; elogiar, enaltecer as boas qualidades ou atos de alguém. Louvor é sinônimo de agradecimento, adoração, glorificação, elogio, exaltação ou gratidão.

                Se tratando da bíblia sagrada, a palavra que mais aparece no novo testamento para o que queremos é proskuneo (adoração), que significa “prostrar-se diante”, “curvar-se diante” ou “reverenciar”. Sabendo que o louvor e a adoração estão intimamente ligados, falarei do assunto com a maior clareza possível, para que entendamos o que significa de fato, louvar e adorar a Deus.

 

A música deve ser embasada na bíblia

                 Tenho visto muitas pessoas confundirem os sentidos e reais significados quando se referem à adoração a Deus, principalmente quando a palavra é louvor. Na maioria das vezes, esse erro é confundido pela proximidade em que o louvor e a música têm. Ora, o livro que escolhi para ser a base desse texto fala muito disso, sendo ele o livro dos cânticos. E não, o problema não está aí, o real problema está em dizer que louvor é somente música, sendo que a bíblia sagrada nos mostra um universo totalmente diferente disso, nos ensinando que louvar é viver a palavra de Deus.

Como assim, viver a palavra de Deus? É isso mesmo, viver a palavra de Deus é o real sentido para o louvor a Deus.

                Em muitas igrejas é notório que os grupos musicais, em sua maioria, são chamados de “grupos de louvor” e quando olhamos ou ouvimos tais grupos cantarem em suas reuniões, percebemos uma enorme quantidade de músicas que não se baseiam na bíblia. Como, então, podemos dizer que tais grupos estão realmente louvando a Deus, sendo que as canções nem se tratam do livro base para nossa fé? E ainda pior (infelizmente), parte desses integrantes nem mesmo a consideram como base. Novamente, faço a pergunta, como podemos chamar isso de louvor?

               Salmos 119.11 diz: guardei tua palavra em meu coração, para não pecar contra ti. (Bíblia NVT). Entendemos com essa passagem que o que nos fortalece contra o pecado, é a própria palavra de Deus. No mesmo salmo, vemos que a palavra é a lâmpada para nossos pés e luz para nossos caminhos (Salmos 119.105). No novo testamento, vemos algo parecido, vamos até o livro onde nos ensina sobre a armadura completa de Deus para nós, que é Efésios 6.10-17 e continua a nos mostrar o quão importante é estarmos firmados na palavra para que possamos resistir as investidas do nosso inimigo.  O salmista diz “Teus decretos são o tema de minhas canções, na casa onde tenho vivido” Salmos 119.54 (Bíblia NVT), e eu digo: quão belo é ouvir canções baseadas na vontade do Deus soberano e exaltado.

 

Adorando em espírito e em verdade

                   Como já fiz e ainda faço parte de alguns grupos musicais, posso dizer que já vi muita gente que entrega realmente o louvor a Deus quando esta cantando, pois coloca seu coração naquilo que está fazendo, mas vi muito mais pessoas entregando somente suas técnicas e habilidades, seja no canto ou no manuseio de algum instrumento musical, fazendo com que um abismo tão grande se forme quando confrontamos tais atitudes com o verdadeiro louvor e adoração ao Deus, Criador dos céus e da terra, o qual somos ensinados pelas escrituras sagradas. João 4.24 “Pois Deus é Espírito, e é necessário que seus adoradores o adorem em espírito e em verdade”. (Bíblia NVT).  O problema exposto em Isaías 29:13 é justamente sobre o que estamos falando neste momento, pois a adoração ao Senhor não deve ser apenas com os lábios e com o coração longe do Pai, mas deve ser entoada com sincero amor e real devoção ao Rei dos reis e Senhor dos senhores.

                  A falta de bíblia nas músicas “cristãs” atuais é um dos problemas que a igreja mais enfrenta nos dias de hoje. Por muitos anos se cantava a bíblia, ou algo baseado na mesma, porém, hoje as pessoas cantam coisas que acham ser a verdade, ou cantam músicas que são bonitas de melodia, harmonia e ritmo e se esquecem da verdade bíblica que deve conter em cada palavra composta para tal canção. Isso quando não pegam textos fora de contexto, para afirmarem que teremos vitórias terrenas ou algo do tipo só por estarmos indo às reuniões e cantando, esquecendo-se de que o próprio Jesus Cristo nos disse “Eu lhes falei tudo isso para que tenham paz em mim. Aqui no mundo vocês terão aflições, mas animem-se, pois eu venci o mundo”. João 16.33 (Bíblia NVT). Essa é uma das maiores verdades bíblicas, pois nosso Senhor e Salvador veio para nos dar vitórias sim, mas vitória celestial, vitória eterna nEle.

                O Senhor nos ensina a buscarmos primeiro o reino de Deus e a sua justiça (Mateus 6.33), sendo assim, temos que colocar todas as nossas vontades carnais de lado para fazermos a vontade de Deus. Estou dizendo isso, porque não é incomum vermos músicas que dizem totalmente o contrário do que as escrituras dizem. Devido ao fato de que na bíblia algumas pessoas possuiram riquezas, hoje, pessoas acham que o maior presente que Deus tem para nós são riquezas terrenas, quando as escrituras nos advertem em relação a isso (Mateus 6.19-24). Sabendo ainda que também há pessoas que acham que basta orarmos que Deus nos dará o que queremos, deixarei outro texto para nosso aprendizado, entendendo que receberemos aquilo que estiver nos planos, ou seja, debaixo da vontade de Deus. (1 João 5.14).

 

Músico também lê e vive a bíblia

A bíblia também nos diz que devemos estar preparados para pregar a palavra de Deus, dentro e fora de tempo (2 Timóteo 4.2-5). Os textos não dizem que somente quem dirige igrejas tem que estudar a palavra, amar a palavra ou pregar a palavra, mas é para todos nós, músicos ou não, todos os que necessitam desse livro tão maravilhoso. Uma vez que aprendemos a bíblia e a praticamos (Tiago 1.22-25), aprendemos a nos desviar dos pecados e assim vivermos em louvor a Deus.

                  Estou comentando todas essas coisas para que nós, músicos, estejamos engajados na palavra, para que possamos compor canções bíblicas, e assim adorarmos a Deus e ensinar pessoas a adorarem verdadeiramente através de nossas músicas, dizendo… “Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; anunciarei as maravilhas que fizeste. ” Salmos 9.1 (Bíblia NVT).

 

Todo o ser que respira, louve ao Senhor

Uma das maneiras de louvar verdadeiramente a Deus é anunciar as maravilhas que Ele criou, como diz o texto acima, e isso temos de monte em nossa bíblia. Gênesis 1.1, diz que Ele é o Senhor Criador, em Salmos 19.1 diz: “Os céus proclamam a glória de Deus; o firmamento demonstra a habilidade de suas mãos. ” (Bíblia NVT), ou seja, um dos cânticos de Salmos mostra sobre como a criação adora ao criador, proclamando os feitos de suas mãos. Salmos 148.5 diz: “Todas as coisas criadas louvem o nome do Senhor, pois Ele ordenou, e elas vieram a existir. ” (Bíblia NVT). Essas são passagens que reforçam a ideia de que tudo quanto fora criado, louve a Deus.

 

A junção da sabedoria e do agir

Um de meus muitos pensamentos é de que devemos louvar a Deus com sabedoria bíblica, mas não sem o amor e a crença de que estamos vivendo verdades. Isso eu digo, pois conheço também pessoas que entendem bastante de bíblia, estudam dia e noite, isso é muito bom, desde que gere uma vontade por um coração puro. Assim como o salmista diz em Salmos 51.10, de nada adianta a teologia sem a ação e a ação gera uma verdade em nossos corações, que além de nos fazer amar as escrituras, nos faz amar as criaturas, ou seja, o amor às escrituras está totalmente ligado ao amor a Deus, sendo assim, louvamos a Deus por amor a Ele e às coisas que Ele criou.

                Falando em teologia, claro que encontramos alguns erros teológicos que são considerados intoleráveis (as chamadas heresias), pois vão contra a palavra de Deus, ou acrescentam coisas à palavra e sabemos que a bíblia nos adverte em relação a apresentarmos algo diferente ao que aprendemos no evangelho (Deuteronômio 4.2; 12.32; Provérbios 30.6; Gálatas 1.8-9), mas existem também outros erros que, às vezes, são cometidos por pura inocência, como o de chamar músicos de levitas, e irei explicar de maneira rápida sobre esse assunto.

                No antigo testamento o povo de Israel era formado por tribos. Essas tribos descendiam dos doze filhos de Jacó. Uma das tribos era a tribo de Levi, que era um dos doze filhos de Jacó (Gênesis 29.34). Todas as pessoas que faziam parte da tribo de Levi vieram a ser chamadas mais tarde de levitas. E quais eram as funções dos levitas? Em Números 1.50 temos uma bela ideia das funções que eles exerciam. Além de cuidar do tabernáculo do testemunho, de seus utensílios e de tudo o que lhe pertencia, eles ministravam e acampavam-se ao redor dele. Alguns atuavam como guardas, porteiros, padeiros… enfim, tudo o que era relacionado ao que era realizado no tabernáculo, ou no templo (I Crônicas 9.26-29). Alguns dos levitas eram músicos, conforme lemos em I Crônicas 15.22; II crônicas 5.11-13.

                Todavia, não há menção de levitas na igreja de Cristo encabeçada pelos apóstolos e hoje em nossas igrejas, vemos músicos que adoram a Deus, apenas com seus instrumentos musicais e vocais. Diante dessas informações, atribuir aos músicos o nome “levita” é mais um infeliz equívoco provocado pela falta de conhecimento da Palavra de Deus. Hoje, todos somos chamados para servir de alguma maneira, de acordo com o dom que nos é dado por Deus. (I Coríntios 12.28; Efésios 4.11-13).

 

Deus é nossa esperança

Independente de qual ou quais sejam nossos dons, que possamos utilizar para adorar e engrandecer nosso Criador, pois não há nada igual, não há nada melhor, a que se compara à esperança viva. Nosso Deus é nossa esperança.

              Creio que se eu fosse falar tudo o que preparei para este artigo, levaria uma semana inteira escrevendo de tanto conteúdo que nossa bíblia nos dá, isso falando apenas para um dos assuntos. Portanto, minha intenção é abençoar sua vida com o texto, instigando-o a querer mais e mais de Deus.

             Que você, caro leitor, se interesse dia após dia pela palavra viva do nosso Pai, pois através dela aprendemos a viver em louvor a Deus.

              Digno é o cordeiro que foi sacrificado de receber poder e riqueza, sabedoria e força, honra, glória e louvor (Apocalipse 5.12).

 

 

Inscreva-se no canal e fique por dentro de nossos novos vídeos!!

https://www.youtube.com/user/canalnascidodenovo

########################################
BAIXE O E-BOOK GRATUITO “COMO LER A BÍBLIA: http://bit.ly/2bcwkg3

########################################
► Siga-me ◄
✩ Instagram: https://www.instagram.com/nascidodenovooficial/
✩ Facebook: https://www.facebook.com/nascidodenovo.org
✩ Facebook Teologia: https://www.facebook.com/nascidodenovoteologia
✩ Facebook Peça Oração: https://www.facebook.com/nascidooracao
✩ Facebook Pr. Raul: https://www.facebook.com/prraulbolota
✩ Facebook Grupo: https://www.facebook.com/nascidodenovo.org
✩ Twitter: https://twitter.com/nascidodenovo
✩ Site: http://www.nascidodenovo.org
✩ Pinterest: https://br.pinterest.com/nascidodenovo/
✩ Periscope: @nascidodenovo
✩ Grupo no Whats: https://chat.whatsapp.com/KfMmcGlag7g7t6r3Tmjki2
✩ Grupo no Telegram: https://t.me/joinchat/AAAAAERdksHyJaoM9Qb82w

######################################
Quer enviar algo para nós? Mande para nossa Caixa Postal:

Caixa Postal 73 – Araraquara – SP – CEP14801-970

Todos os presentes serão mostrados em nossos vídeos de Recebidos e mostrados em nossas redes sociais!

Se não quiser que apareça, basta mandar uma cartinha junto pedindo sigilo.

Nosso e-mail: contato@nascidodenovo.org

######################################
CONTRIBUA COM O NASCIDODENOVO.ORG:
https://nascidodenovo.org/v4/mantenedores/