Governo de Cuba segue intimidando fiéis e líderes cristãos

Secularismo cresce nas igrejas da Holanda
19/12/2018
John MacArthur
Pastor diz que igrejas têm feito esforço para “agradar a cultura”
19/12/2018

Governo de Cuba segue intimidando fiéis e líderes cristãos.

A natureza comunista da ditadura instaurada em Cuba pelos irmãos Castro continua ampliando a perseguição religiosa aos cristãos na ilha, com indicativos que apontam que o cerceamento da fé tem se intensificado.

A organização Christian Solidarity Wordwide (CSW) informou que as autoridades do país têm agido contra instituições protestantes e católicas, mesmo após lideranças das duas tradições cristãs se posicionarem pedindo que o governo protegesse seu direito à liberdade religiosa. Na prática, as igrejas vêm sofrendo maior assédio governamental.

“Os líderes religiosos que assumiram um papel de liderança na campanha, tanto a nível local quanto nacional, relataram que a pressão sobre eles continua alta. No ano passado, muitos escolheram fugir do país e buscar refúgio no exterior”, alerta a CSW.

Agentes de segurança do Estado e funcionários do Partido Comunista Cubano têm abordado líderes evangélicos e católicos com questionamentos que, no fundo, tinham a função de ressaltar que as igrejas estão sob monitoramento: “Essas visitas e reuniões pareciam ter a intenção de intimidar os líderes religiosos e conscientizá-los de que estão sob vigilância”, destaca o comunicado da CSW.

Exemplos de assédio às igrejas foram enumerados pela organização: “Alguns foram avisados pelos agentes e autoridades que a educação de seus filhos ou seu próprio emprego poderiam ser ameaçados se eles continuassem com suas atividades”, afirma o texto, segundo informações do portal The Christian Post.

Destacando a urgência da situação, a CSW pediu que lideranças políticas, inluinco a Organização das Nações Unidas (ONU) e o governo dos Estados Unidos, tomem iniciativas para lidar com o problema: “O Departamento de Estado dos EUA deve continuar acompanhando de perto as violações de liberdade religiosa em Cuba e considerar a possibilidade de adicionar o país à Lista de Observação Especial”.

“O Departamento de Estado deve garantir que todos os relatórios das violações de liberdade religiosa reflitam plenamente a opinião das igrejas e líderes religiosos marginalizados, ao invés de posições de funcionários e escritórios estatais”, acrescenta o texto, sugerindo que há influência ideológica em altos escalões impedindo que medidas práticas de garantia da liberdade religiosa sejam adotadas em Cuba.

 

########################################
► Siga-me ◄
✩ Instagram: https://www.instagram.com/nascidodenovooficial/
✩ Facebook: https://www.facebook.com/nascidodenovo.org
✩ Facebook Pr. Raul: https://www.facebook.com/prraulbolota
✩ Twitter: https://twitter.com/nascidodenovo
✩ Site: http://www.nascidodenovo.org ✩ Pinterest: https://br.pinterest.com/nascidodenovo/
✩ Periscope: @nascidodenovo
✩ Cursos do Nascido de Novo: https://nascidodenovo.org/v4/cursos-nascido-de-novo/

######################################
Quer enviar algo para nós? Mande para nossa Caixa Postal:
Caixa Postal 73 - Araraquara - SP - CEP14801-970
Todos os presentes serão mostrados em nossos vídeos de Recebidos e mostrados em nossas redes sociais!
Se não quiser que apareça só mandar uma cartinha junto pedindo sigilo.
Nosso e-mail: contato@nascidodenovo.org

######################################
CONTRIBUA COM O NASCIDODENOVO.ORG:
https://nascidodenovo.org/v4/mantenedores/

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *