Resumo

Apressando O Processo De Aprendizado
18/09/2013
Palavra do Dia – 19/09 – Oração para hoje.
19/09/2013

Bem, isto é tudo, ou quase tudo. Agora o leitor já sabe que pode estudar a Bíblia sozinho, e que, se o fizer, poderá tornar-se um crente melhor e dar mais frutos para Deus. O que isto lhe custará? Tempo – ou então a disposição de fazê-lo.

QUE QUEREMOS DIZER QUANDO FALAMOS EM TEMPO

Anteriormente, afirmei que há quatro métodos básicos para se estudar a Bíblia sozinho. A fórmula que apresento a seguir mostrará o limite máximo de tempo para cada um desses métodos.

Ao primeiro olhar, trinta e cinco minutos por dia (1/48 avos do dia) pode parecer muito, para uma pessoa que tem o dia muito cheio. Mas o que pensaria o leitor se eu dissesse que não iria tomar tempo algum? E a verdade é que não lhe custará tempo algum – a longo prazo. Lembre-se disso: Deus não fica devendo nada a ninguém, isto é, tudo que dermos a ele, seja tempo, talento ou dinheiro, ele o multiplicará e nos devolverá. Muitos trechos da Bíblia ensinam esta verdade.

“Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas cousas vos serão acrescentadas.” (Mt 6:33.)

“Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.” (Lc. 6:38.)

Um fato muito singular ocorre quando honramos a Deus com “as primícias” de nosso tempo, observando o estudo bíblico diário. Ele o abençoa tanto e torna tão produtivo o restante do dia, que aquilo que lhe dedicamos não nos faz falta; na verdade, acabamos ganhando tempo. E o resultado é este: as vinte e três horas e meia abençoadas por Deus, por passarmos trinta e minutos com sua Palavra, serão mais proveitosas que as vinte e quatro horas sem a bênção de Deus. Do mesmo modo, quatro horas por semana passadas em leitura, estudo e memorização das Escrituras, abençoarão de tal modo as 164 horas restantes, que teremos muito mais proveito nelas, que nas 168 integrais, se negligenciarmos a Bíblia. O Deus que multiplicou o lanche de um rapaz nos dias de Jesus, é igualmente poderoso para multiplicar nosso tempo, quando lhe dedicamos a primeira parte dele.

Depois que aprendermos o sistema econômico de Deus e entendermos que ele é um multiplicador do tempo, não será difícil sermos fiéis no estudo bíblico, pois teremos descoberto o segredo da conservação do tempo.

Perguntaram a um ocupado chefe de vendas de certa empresa como ainda podia dar-se “ao luxo” de passar trinta e cinco minutos por dia, estudando a Bíblia, ao que ele replicou: “Eu não posso é dar-me ‘ao luxo’ de não estudar!” E ninguém pode!

 

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *