Recursos Para O Estudo Bíblico

Palavra do Dia – 16/09 – Fonte de Águas Vivas
16/09/2013
Palavra do Dia – 17/09 – Vergonha de Cristo
17/09/2013

Um bom artesão sempre utiliza boas ferramentas. Ninguém poderá ser um bom artesão se não usar os recursos certos. O mesmo se aplica ao estudo bíblico. As ferramentas do estudante da Bíblia são a própria Bíblia e bons livros sobre a mesma.

Com relação a esses livros auxiliares, a maioria dos estudantes menos avisados tendem a cometer um dos erros seguintes: ou os rejeitam completamente e estudam somente a Bíblia, ou então têm tantos livros técnicos que acabam negligenciando a própria Bíblia. Tanto uma atitude como a outra estão erradas.

Até aqui temos feito muitas sugestões práticas que poderão auxiliar o recém-convertido desejoso de aprender, a obter um bom conhecimento prático da Bíblia, em apenas três anos. Agora, vamos considerar alguns dos melhores compêndios auxiliares ao estudo da Bíblia.

OITO LIVROS ESSENCIAIS

É muito natural que, sendo pastor e escritor, eu seja um grande apreciador da leitura. Desde os dias em que devorei dezenove livros de Zane Grey para a aula de literatura inglesa no ginásio, até o presente momento tenho sido um leitor insaciável. (Creio firmemente que todos nós somos aquilo que lemos.) Conseqüentemente, possuo volumes e mais volumes, num valor avultado em dólares, em meu gabinete e em minha biblioteca particular, em casa. Mas não creio que seja necessário que todo mundo compre tantos livros. Preparei uma lista de apenas oito livros que considero essenciais para a biblioteca de todo crente. Encontraremos nestes livros tudo de que precisamos para os primeiros três anos de estudos bíblicos. Os oito livros que menciono aqui, com uma descrição de cada um, estão relacionados em ordem de importância.

Uma boa maneira de se obtê-los é colocá-los na lista de natal ou de aniversário.

NOTA DOS EDITORES. Neste capítulo o autor menciona alguns livros que ainda não temos em português. Nos casos em que foi possível, recomendamos outros que, a nosso ver, teriam a mesma utilidade para o leitor. A nossa recomendação foi colocada em itálico.

1. Uma boa Bíblia

O primeiro e principal requisito para se tornar um estudante da Bíblia é possuir uma boa Bíblia. O leitor provavelmente está ciente de que existe mais de um tipo de versão da Bíblia no mercado, como paráfrases e traduções livros. Como é que um crente recém-convertido poderá saber qual é a melhor? Já que ele não é entendido em grego e hebraico, terá que aceitar a palavra dos que são, isto é, dos pastores, teólogos e estudiosos da Bíblia.

O autor cita várias versões da Bíblia, publicadas em inglês, das quais não há similar em português. Recomendamos a tradução de Almeida, edições “Revista e Atualizada” e “Revista e Corrigida”. Outra opção boa é a edição que está sendo lançada pela Editora Vida Nova, que traz junto ao texto anotações e comentários muito oportunos. O leitor deve ter em mente, no entanto, que esses comentários não fazem parte do texto original, tendo sido inseridos como auxílio à compreensão deste.

2. Manual Bíblico – Halley

Um dos melhores e mais valiosos livros já escritos sobre a Bíblia para crentes novos é o Manual Bíblico, de Halley. O fato de já haver alcançado mais de três milhões de exemplares impressos fala bem alto de sua popularidade. É mais recomendado por pastores, professores de escolas bíblicas e obreiros cristãos, que qualquer outro livro do mesmo tipo. Suas páginas fornecem ao leitor mais informações bíblicas que qualquer outra obra do mesmo tamanho. Embora não seja um comentário completo, ele aborda todos os livros da Bíblia e fala um pouco sobre cada um deles. Oferece também muitas informações interessantes sobre as descobertas arqueológicas que confirmam a veracidade da Bíblia. contém ainda informações importantes sobre os anos de silêncio, que transcorreram entre o Velho e o Novo Testamento, e muitas outras matérias adicionais valiosas.

Este livro não foi escrito para teólogos e é uma obra muito prática, de fácil leitura, cujo objetivo é inspirar leigos a que leiam e apreciem a Bíblia. É o melhor livro de estudos bíblicos que existe hoje.

3. Uma boa chave bíblica

Uma obra de valor inestimável para o estudo da Bíblia é uma concordância que contenha todos os textos de determinados temas, pois ela nos fornece uma visão completa dos ensinamentos de Deus com relação a cada assunto. Por exemplo, existe muita confusão hoje em dia entre os conselheiros evangélicos com relação à cólera. Alguns a justificam; outros sugerem que era deveria ser canalizada em energia; alguns receiam reprimi-ia; etc. Esta confusão toda poderá ser facilmente desfeita se fizermos um estudo dos duzentos ou mais versos que há na Bíblia a respeito do assunto. Veremos que a cólera é um pecado que entristece o Espírito Santo, causa mortes, é contagioso, e não deve dominar uma mente controlada pelo Espírito. Um estudo sobre a ira é relativamente simples, pois todas as referências das Escrituras neste assunto podem ser encontradas na mesma página da concordância.

A Sociedade Bíblica do Brasil lançou recentemente uma excelente concordância, baseada na edição ”Revista e Atualizada”.

4. Um dicionário bíblico

Outro recurso interessante e muito necessário para o estudo da Bíblia é um bom dicionário bíblico. Muitas vezes encontramos assuntos, palavras, lugares ou doutrinas que requerem uma descrição mais detalhada. Onde um crente novo pode procurar o significado exato num caso desses? No mesmo lugar em que procuraria qua]quer outra coisa – num dicionário ou enciclopédia. com a ressalva, porém, de que os dicionários que encontramos nas bibliotecas públicas nem sempre contêm assuntos bíblicos. E quando contêm, são muitas vezes apresentados sob um ponto-de-vista contrário a Cristo. Um bom dicionário bíblico deve conter uma relação completa de todos os assuntos bíblicos, e deve ter sido compilado ou escrito por pessoa que tenha estudado a Bíblia especificamente, e conheça bem os costumes, lugares e ensinos bíblicos.

Recomendamos o “Dicionário da Bíblia” de John D. Davis e o “Novo Dicion4rio da Bíblia”, Edições Vida Nova.

5. Um comentário bíblico em um volume

Peio fato de a Bíblia ser o livro antigo que é, e como alguns de seus assuntos são difíceis e teológicos, e por ter Ela sido escrita numa língua diferente da nossa, e para um povo também muito diferente de nós, será de grande valor termos um comentário bíblico, que seja de inteira confiança, e que possamos consultar quando uma passagem não nos parecer muito clara. Existem muitos comentários, e, às vezes, é difícil fazer uma escolha, pois as opiniões de cada um influenciam nosso julgamento. Isto dificulta uma avaliação das obras. Contudo, parece-me que um estudante novo poderia ficar confuso se examinasse um comentário exaustivo, e, além disso, os comentários de muitos volumes são bem caros.

O melhor que temos no gênero, atualmente, é o “Novo Comentário da Bíblia” – Edições Vida Nova.

6. Harmonia dos Evangelhos

O estudante da Bíblia que for iniciante poderá achar que os eventos da vida de cristo, narrados por um Evangelho parecem confusos quando comparados à narrativa de outro. E realmente, ao primeiro exame, alguns fatos podem parecer contraditórios, porque cada Evangelho foi escrito por um autor diferente, e foi dirigido a pessoas diferentes, e tinha perspectivas diferentes. Falsos mestres têm se valido destas variações aparentes para declarar que a Bíblia não merece crédito. Na verdade, não existe a mínima contradição na Palavra de Deus, mas muitos que não entendem as Escrituras pensam que há, e passam por uma derrocada espiritual.

Johnston M. Cheney passou por uma experiência assim. Quando jovem, sua fé estava tão vacilante que chegou a duvidar de sua salvação durante algum tempo. Felizmente, não parou de estudar a Palavra de Deus, e, aos poucos, sua fé e confiança na Palavra de Deus retornaram, e pôde ver as respostas às suas indagações como que aflorarem à tona, nas Escrituras, à medida que avançava no estudo. Durante vinte anos ele se dedicou ao estudo dos quatro Evangelhos, até quase sabê-los de cor. Quando, por fim, conseguiu ver todas as aparentes contradições devidamente explicadas, resolveu escrever uma detalhada Harmonia dos Evangelhos, para mostrar como cada evento da vida de Jesus se encaixava direitinho no todo da vida do Senhor.

Recomendamos que o leitor adquira a “Harmonia dos Evangelhos” de S. L. Watson e W. E. Allen.

7. Doutrina bíblica

Os ensinos básicos da Bíblia são chamados de “Doutrina”, que significa ensino especial das Escrituras. Como não aparecem consecutivamente (pois a Bíblia seguiu um curso histórico, e as doutrinas estão espalhadas pelas Escrituras), todas as passagens relativas a um determinado assunto precisam ser examinadas cuidadosamente para fornecer uma compreensão total do ensino. Tal estudo exige anos e anos de preparação e pesquisas da Bíblia, um tempo de que os leigos em geral não podem dispor.

Felizmente, muitos dos grandes teólogos escreveram obras para expor os conceitos doutrinários essenciais. As obras que todo estudante da Bíblia deve conhecer são as que dizem respeito à natureza de Deus, e contêm estudos sobre a vida e obra de Jesus, o Espírito Santo, a Bíblia, os erros humanos, o destino do cristão, e vários outros assuntos.

Um bom livro sobre o assunto é “Conhecendo as Doutrinas da Bíblia”, de Myer Pearlman.

8. Um livro sobre a divindade de Cristo

Jesus Cristo é o centro da Bíblia é da fé cristã. E se ele realmente é o Filho de Deus, podemos aceitar tudo que diz como sendo a verdade ortodoxa. O estudante principiante deve ser sábio não somente em “crer em Jesus para a salvação”, mas também deve conhecer algumas razões lógicas para sua crença. Seria interessante ler um livro completo sobre Cristo.

Nem todos os pastores concordam entre si a respeito de que livros são mais importantes para um iniciante no estudo bíblico. Contudo, os que cito provaram-se muito proveitosos para mim, através dos anos, e estou certo de que o leitor também poderá achá-los bem valiosos, se resolver lê-los.

 

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *