Qualquer Um Pode Entender A Bíblia Claramente

Palavra do Dia – 06/09 – União
06/09/2013
O Que O Estudo Bíblico Fará Por Você
07/09/2013

Um rapaz de dezessete anos foi a um culto, certo dia, a conselho de uni vendedor de sapatos, quo o havia levado a Cristo, e lhe dissera da necessidade de conhecer melhor o Salvador que acabava de aceitar. Após o período de louvor, o pregador disse: “Abramos a Bíblia agora em Segundo Timóteo 5:12.” O jovem convertido abriu na primeira página da  Bíblia que seu amigo lhe dera, e começou a folheá-la por Gênesis, Êxodo, Deuteronômio e Josué, e vários outros livros, sem encontrar Timóteo. Voltou ao índice, e observou que 2 Timóteo encontrava-se na página 325. Quando abriu nesse número encontrou o livro de Josué. Olhou novamente no índice, e percebeu que a Bíblia tinha duas grandes divisões, e que Timóteo achava-se na segunda. Quando afinal encontrou o texto, o pastor já havia terminado o sermão. Desnecessário é dizer que ele estava envergonhado e um pouco confuso.

Será que o leitor já se sentiu assim? Não fique desanimado. A maioria dos crentes novos começa desse modo. Apesar daquele início tão pouco auspicioso, aquele jovem sentiu um grande desejo de conhecer melhor a Bíblia. Anos depois, ele se tornou um famoso pregador, que levou a Cristo um milhão de pessoas. No fim de sua vida, fundou um instituto bíblico que ainda hoje prepara cerca de 1200 jovens todos os anos, na Palavra de Deus.

O nome dele era Dwight L. Moody. Poucos homens igualaram a contribuição de Moody para a cristandade. Mas ele próprio nunca teria realizado o que realizou se não houvesse se disposto a estudar a Palavra de Deus.

Embora não saibamos que método ele utilizou para estudar a Bíblia, sabemos que não recebeu um treinamento em escola bíblica; a maior parte de seus conhecimentos ele adquiriu por si mesmo.

Nosso sucesso ou fracasso na vida cristã depende da quantidade de conhecimento bíblico que armazenamos em nossa mente, com regularidade, e de nossa obediência às suas verdades. É certo que uma pessoa pode ir para o céu sabendo pouco mais que João 3:16, ou Romanos 10:9, 10, pois esse maravilhoso dom de Deus, que é a salvação, é tão gratuito, que tudo que precisamos fazer é recebê-lo pela fé (Jo 1:12). Mas se desejarmos ser crentes felizes e vitoriosos, teremos que nos alimentar regularmente da Palavra de Deus, e isso requer aplicação de nossa parte. Quanto mais nos dedicarmos a isso, tanto mais rápido e melhor cresceremos na vida espiritual. E descobriremos depois que vale muito a pena o preço que temos que pagar.

Jesus enunciou a fórmula do sucesso pessoal, quando afirmou: “Ora, se sabeis estas cousas, bem-aventurados sois se as praticardes” (Jo 13:17). A felicidade, portanto, resulta de se conhecer a vontade de Deus revelada na Bíblia, e obedecê-la. O problema de muitos crentes é que não se aplicam ao estudo dos princípios bíblicos, e por isso não sabem o que Deus espera deles. Não é de se admirar que não recebam todas as bênçãos da vida cristã.

A Bíblia Foi Escrita Para Pessoas Comuns

Infelizmente, a maioria dos cristãos pensam que nunca conseguirão entender a Bíblia. Acreditam que ela foi escrita para teólogos ou pastores, e tudo que eles têm a fazer é escutar aos ensinos e palestras dos “entendidos na Bíblia”, ou ler livros a respeito dela; mas passam pouco tempo estudando a Bíblia eles mesmos. E a parte triste de tudo isso é que a Bíblia não foi escrita para teólogos; for escrita para pessoas como nós. Par exemplo, o Senhor disse, através do apóstolo João: “Filhinhos, eu vos escrevo, porque os vossos pecados são perdoados… porque conheceis o Pai.” (I Jo 2:12, 14.) Portanto, está claro que os “filhinhos”, ou crentes novas, podem entender a Bíblia. Isto significa que você, leitor, poderá compreender a Bíblia. Talvez nem todos sejam capazes de se aprofundar nas verdades bíblicas da mesma maneira que us teólogos, e haverá muitas coisas que não iremos compreender, mas a verdade é que muito major é o número de instruções bíblicas que podemos entender, que as que não podemos.

Depois que nos convencemos de que podemos estudar a Palavra de Deus por nós mesmos, a nossa vida espiritual toma uma nova dimensão. Já vi crentes novos e também crentes mais antigos que nunca haviam ficado muito empolgados com sua experiência cristã, serem reavivados logo que se entregaram ao estudo da Bíblia sozinhos. Após vários anos de estudos, consegui organizar um método simples de estudo bíblico, que praticamente já transformou a vida daqueles que o experimentaram com persistência. Este livro foi escrito com a finalidade de ajudar o leitor no estudo da Palavra de Deus, e levá-lo a ter este mesmo progresso na vida espiritual.

Mas tenho que fazer uma advertência – isso requer algum esforço. Um matemático grego disse: “Não existe uma estrada pavimentada para se chegar ao conhecimento da geometria.” Esta declaração for dirigida a um jovem estudante que desejava saber se não existia uma maneira mais fácil de aprender aquela ciência, sem estudar. Como sabemos muito bem, isso não existe; e o mesmo aplica-se ao estudo bíblico. Na verdade, tal estudo requer o tipo de esforço mais árduo que há – pensar; mas é o único meio de se aprender as lições bíblicas. Quem seguir o programa exposto nesta obra, verá que ele vale a pena, e terá absorvido um conhecimento prático da Bíblia quo não apenas enriquecerá sua vida espiritual, mas também o capacitará para servir a Jesus Cristo durante os anos que virão.

A idéia de organizar este manual de estudos ocorreu-me alguns anos atrás, quando vi um anúncio numa revista. Dizia o seguinte: “Aprenda inglês co apenas quinze minutos diários.” Durante o curso secundário, nada fora mais difícil para mim que aprender inglês. Aquele professor mostrou-me que era possível dominar o idioma com apenas quinze minutos de estudo par dia – e tinha razão. Na realidade, podemos aprender bem qualquer coisa, com 15 minutos de estudo par dia, se persistirmos nisso pelo tempo que for necessário. Pelo nosso programa, o aluno precisará de 15 minutos de leitura e mais 15 minutos de estudo, por dia, e depois, mais alguns momentos esparsos de folga, para o aprendizado. Mas, após três anos deste estudo, o aluno terá conseguido atingir us seguintes objetivos:

  1. Ler a Bíblia toda.
  2. Ler os livros principais várias vezes.
  3. Gravar os princípios básicos mais importantes, as promessas de Deus e suas ordenanças.
  4. Estudar os principais capítulos.
  5. 5. Aprender us versículos-chave.
  6. Adquirir um conhecimento prático da Bíblia.
  7. Formar o hábito permanente de estudar a Bíblia, o que enriquecerá toda a sua vida.

O autor pressupõe que o leitor interessado freqüenta regularmente uma igreja evangélica, onde a Bíblia é ensinada, e onde ele assiste aos estudos bíblicos; tal prática deve continuar, lógico. Agora, sugerimos que acrescente a isto us quatro métodos de estudo bíblico: ler, estudar, decorar e meditar. Você descobrirá que os resultados compensarão o tempo investido nesse esforço.

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *