Palavra do Dia – 18/09 – Socorro

Hermenêutica
17/09/2013
Apressando O Processo De Aprendizado
18/09/2013

 

O rei Nabucodonosor fez uma estátua de ouro, cuja altura era de sessenta côvados, e a sua largura de seis côvados; levantou-a no campo de Dura, na província de babilônia.
Então o rei Nabucodonosor mandou reunir os príncipes, os prefeitos, os governadores, os conselheiros, os tesoureiros, os juízes, os capitàes, e todos os oficiais das províncias, para que viessem à consagração da estátua que o rei Nabucodonosor tinha levantado.
Então se reuniram os príncipes, os prefeitos e governadores, os capitàes, os juízes, os tesoureiros, os conselheiros, e todos os oficiais das províncias, à consagração da estátua que o rei Nabucodonosor tinha levantado; e estavam em pé diante da imagem que Nabucodonosor tinha levantado.
E o arauto apregoava em alta voz: Ordena-se a vós, ó povos, nações e línguas:
Quando ouvirdes o som da buzina, da flauta, da harpa, da sambuca, do saltério, da gaita de foles, e de toda a espécie de música, prostrar-vos-eis, e adorareis a estátua de ouro que o rei Nabucodonosor tem levantado.
E qualquer que não se prostrar e não a adorar, será na mesma hora lançado dentro da fornalha de fogo ardente.
Portanto, no mesmo instante em que todos os povos ouviram o som da buzina, da flauta, da harpa, da sambuca, do saltério e de toda a espécie de música, prostraram-se todos os povos, nações e línguas, e adoraram a estátua de ouro que o rei Nabucodonosor tinha levantado.
Por isso, no mesmo instante chegaram perto alguns caldeus, e acusaram os judeus.
E responderam, dizendo ao rei Nabucodonosor: Ó rei, vive eternamente!
Tu, ó rei, fizeste um decreto, pelo qual todo homem que ouvisse o som da buzina, da flauta, da harpa, da sambuca, do saltério, e da gaita de foles, e de toda a espécie de música, se prostrasse e adorasse a estátua de ouro;
E, qualquer que não se prostrasse e adorasse, seria lançado dentro da fornalha de fogo ardente.
Há uns homens judeus, os quais constituíste sobre os negócios da província de babilônia: Sadraque, Mesaque e Abednego; estes homens, ó rei, não fizeram caso de ti; a teus deuses não servem, nem adoram a estátua de ouro que levantaste.
Então Nabucodonosor, com ira e furor, mandou trazer a Sadraque, Mesaque e Abednego. E trouxeram a estes homens perante o rei.
Falou Nabucodonosor, e lhes disse: É de propósito, ó Sadraque, Mesaque e Abednego, que vós não servis a meus deuses nem adorais a estátua de ouro que levantei?
Agora, pois, se estais prontos, quando ouvirdes o som da buzina, da flauta, da harpa, da sambuca, do saltério, da gaita de foles, e de toda a espécie de música, para vos prostrardes e adorardes a estátua que fiz, bom é; mas, se não a adorardes, sereis lançados, na mesma hora, dentro da fornalha de fogo ardente. E quem é o Deus que vos poderá livrar das minhas mãos?
Responderam Sadraque, Mesaque e Abednego, e disseram ao rei Nabucodonosor: Não necessitamos de te responder sobre este negócio.
Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei.
E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.
Então Nabucodonosor se encheu de furor, e mudou-se o aspecto do seu semblante contra Sadraque, Mesaque e Abednego; falou, e ordenou que a fornalha se aquecesse sete vezes mais do que se costumava aquecer.
E ordenou aos homens mais poderosos, que estavam no seu exército, que atassem a Sadraque, Mesaque e Abednego, para lançá-los na fornalha de fogo ardente.
Então estes homens foram atados, vestidos com as suas capas, suas túnicas, e seus chapéus, e demais roupas, e foram lançados dentro da fornalha de fogo ardente.
E, porque a palavra do rei era urgente, e a fornalha estava sobremaneira quente, a chama do fogo matou aqueles homens que carregaram a Sadraque, Mesaque, e Abednego.
E estes três homens, Sadraque, Mesaque e Abednego, caíram atados dentro da fornalha de fogo ardente.
Então o rei Nabucodonosor se espantou, e se levantou depressa; falou, dizendo aos seus conselheiros: Não lançamos nós, dentro do fogo, três homens atados? Responderam e disseram ao rei: É verdade, ó rei.
Respondeu, dizendo: Eu, porém, vejo quatro homens soltos, que andam passeando dentro do fogo, sem sofrer nenhum dano; e o aspecto do quarto é semelhante ao Filho de Deus.
Então chegando-se Nabucodonosor à porta da fornalha de fogo ardente, falou, dizendo: Sadraque, Mesaque e Abednego, servos do Deus Altíssimo, saí e vinde! Então Sadraque, Mesaque e Abednego saíram do meio do fogo.
E reuniram-se os príncipes, os capitàes, os governadores e os conselheiros do rei e, contemplando estes homens, viram que o fogo não tinha tido poder algum sobre os seus corpos; nem um só cabelo da sua cabeça se tinha queimado, nem as suas capas se mudaram, nem cheiro de fogo tinha passado sobre eles.
Falou Nabucodonosor, dizendo: Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, que enviou o seu anjo, e livrou os seus servos, que confiaram nele, pois violaram a palavra do rei, preferindo entregar os seus corpos, para que não servissem nem adorassem algum outro deus, senão o seu Deus.
Por mim, pois, é feito um decreto, pelo qual todo o povo, e nação e língua que disser blasfêmia contra o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, seja despedaçado, e as suas casas sejam feitas um monturo; porquanto não há outro Deus que possa livrar como este.
Então o rei fez prosperar a Sadraque, Mesaque e Abednego, na província de babilônia.

Daniel 3:1-30

 

Hoje o mundo nos apresenta muitas “maravilhas”.

Mulheres e homens lindos, dinheiro fácil, acesso a álcool e drogas com uma facilidade nunca vista.

O normal para o mundo hoje é que as pessoas pensem cada vez mais em si mesma e cada vez mais seja mais hedonista (viva pelo prezer não importando o preço).

Hoje o sexo casual com estranhos se transformou em coisa careta. Vemos homens e mulheres casados (ou não) que se entregam a orgias e outras aberrações sexuais de formas antes inimagináveis.

Hoje a sodomia se transformou em coisa normal e defendida por muitos como padrão de vida. Atualmente já se discute a legalização da pedofilia e da necrofilia.

Tudo em nome do prazer, tudo em nome da satisfação.

Mas será que essas práticas levam mesmo ao bem estar e a uma vida sadia?

Em toda a Bíblia vemos exemplos de que satanás nos apresenta as coisas como uma maravilha mas que após aceitarmos se mostram altamente destrutivos.

Como exemplo vemos o caso do primeiro homem e a primeira mulher Adão e Eva (Gênesis 3) vemos que Satanás apresentou a fruta da Árvore do Bem e do Mal como sendo a fonte do poder de Deus.

Satanás disse a Eva que se ela comesse o fruto seria tão poderosa quanto o próprio Deus ou seja esse seria o segredo do poder de Deus.

Satanás mentiu, assim como faz no dia-dia com as pessoas do mundo.

Ele apresenta o erro, o pecado como sendo uma coisa maravilhosa, como sendo só prazer.

Com Adão e Eva assim que comeram o fruto, eles sofreram as consequências.

Adão e Eva eram imortais, pois so conhecendo o bem eles não conheciam a morte mas como o fruto era da árvore do bem e do mal passaram a ficar doentes e a morrer. Além disso eles perderam o seu lugar no paraíso e na presença de Deus.

Nos dias de hoje as coisas são exatamente iguais. Satanás apresenta a luxúria, a ganância e a sodomia como coisas modernas atuais e claro maravilhosas, mas isso é a mentira a verdade é que essas coisas levam as pessoas a solidão, cadeia, depressão e morte.

Sadraque, Mesaque e Abede Nego não se contaminavam com as iguarias do rei, assim como Daniel (Daniel 1) ou seja não viviam o pecado, não aceitavam os presentes de Satanás.

Hoje mesmo não aceitando o pecado o mundo satanás tenta fazer as pessoas verem o pecado como padrão de comportamento e usa estas pessoas para tentar nos obrigar a pecar.

Isso aconteceu com Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, o rei construiu uma estátua para ser adorada e ordenou que todos se curvassem para ela, mas os três israelitas não se curvaram!

Mesmo assim o Rei tentou intimidar os três que mesmo em perigo não se curvaram para a idolatria.

Para o Rei (Satanás) ter jogado os três na fogueira parecia ser a derrota de Deus. Mas como a Bíblia diz, ele estava enganado.

Jesus age no impossível e na hora certa para que a glória seja completa.

As vezes achamos que a situação não tem jeito, que tudo está perdido, achamos que satanás venceu. Mas é aí que Jesus nos dá a vitória.

Olhe o Caso de Sadraque Mesaque e Abede-Nego: Foram jogados na fornalha sete vezes mais forte que o normal. Isso seria o fim, seria a morte para as pessoas do mundo.

A fornalha estava tão quente que os guardas que jogaram os três no fogo foram mortos!

Mas quando o Rei olhou para a fornalha viu quatro pessoas em vez de três e nenhum deles sofreu um chamuscado sequer.

Os três foram salvos e o Reis viu Jesus lá com eles!

Não importa sua luta, se você estiver nos caminhos de Deus, Jesus estará com você, Ele lutará e te livrará da fornalha.

Jesus te protegerá e nada te tocara.

Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.
Salmos 91:7

Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Salmos 91:10

 

 

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *