OS INIMIGOS DE DEUS – Ele Escolheu Você

Muçulmanos matam tradutores da Bíblia
19/12/2015
Escolas públicas ensinam alunos a serem muçulmanos
20/12/2015

OS INIMIGOS DE DEUS – Ele Escolheu Você

Segundo a Bíblia, nós temos feito o mesmo. Desprezamos o amor de nosso Pai.

«Cada um se desviava pelo seu caminho »

Isaías 53.6

Paulo vai um pouco mais além com nossa rebelião. Fizemos mais que simplesmente ir, diz. Voltamo-nos contra nosso Pai. Estávamos vivendo contra Deus ( Romanos 5.6 ).

No versículo 10 é até mais categórico: « Éramos inimigos de Deus».

Duras palavras, não é? Um inimigo é um adversário. Alguém que ofende, não por ignorância, mas sim com intenção.

Isso nos descreve?

Fomos alguma vez inimigos de Deus?

Nos voltamos alguma vez contra nosso Pai?

Nós…

alguma vez fizemos algo sabendo que não agradava a Deus?

agredimos algum de seus filhos ou parte da criação?

apoiamos ou aplaudimos o trabalho de seu adversário, o diabo?

chegamos a nos mostrar publicamente como inimigos de nosso Pai celestial?

Se fizemos isso, não assumimos o papel de inimigo?

Segundo a Bíblia, «por natureza éramos filhos da ira» ( Efésios 2.3 ).

Não é que não possamos fazer o bem. Nós o fazemos. O que acontece é que não conseguimos deixar de fazer o mal.

«Não há justo, nem sequer um…

Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus»

Romanos 3.10,23

É possível que alguém não concorde com palavras tão fortes.

Possivelmente tal pessoa poderia olhar ao seu redor e dizer: «Comparado com fulano, eu sou uma pessoa decente».

Um porco poderia dizer o mesmo, poderia olhar para seus iguais e declarar: «Estou tão limpo como qualquer destes».

Comparado com um ser humano, entretanto, esse porco precisa de ajuda.

Comparados com Deus, nós seres humanos necessitamos o mesmo.

A medida para a santidade não se encontra entre os porcos da terra, mas sim no trono do céu. O próprio Deus é a medida.

Nosso Deus é um Deus perfeito, sem mancha de pecado, livre de enganos. Onde nós não vemos senão águas turvas, Ele não vê senão pureza. Nós moramos em trevas, Ele mora na luz. Deus não pecou jamais.

E nós jamais deixamos de pecar. Deus viveu em uma eternidade sem pecado. Eu me emocionaria se vivesse uma hora sem pecar! Mas não tive nenhuma. Você teve? Alguma vez você passou sessenta minutos nos quais tenha cometido só um pecado? Eu não. Mas só para fazer uma comparação, digamos que você sim. Digamos que você viveu uma vida  inteira em que cometeu só um pecado por hora. Calculemos: Uma média de vida de setenta e dois anos significaria seiscentos e trinta mil setecentos e vinte pecados. Enquanto está lendo este livro, rondaria pelos seiscentos mil pecados já.

Agora, imagine que está diante de Deus. Lembre que Ele é um Deus perfeito, e que o céu é um lugar perfeito. Se estiver diante de Deus, o que você seria? Seria perfeito também, exceto pelos seiscentas mil falhas que há em seu recorde. Entre você e Deus haveria um imenso abismo de imperfeição e pecado.

Vemos que temos um problema: Somos pecadores, e Deus diz: «O salário do pecado é a morte » ( Romanos 6.23 ).

O que podemos fazer? Como Deus reage quando nos transformamos em seus inimigos?

*

Madeline voltou essa noite mas não por muito tempo. Joe nunca falhou com ela, para que ela fosse embora. Depois de tudo, o que significa ser filha de um açougueiro? Em seus últimos dias juntos, ele fez tudo o que pôde.

Cozinhou a comida favorita dela. Ela não tinha apetite.

Convidou-a para ir ao cinema. Ela se fechou em seu quarto.

Comprou-lhe um vestido novo. Ela não agradeceu.

Até que chegou aquele dia primaveril em que ele saiu cedo de seu trabalho para estar em casa quando ela chegasse da escola.

Desde esse dia, ela nunca mais voltou para casa.

Um amigo a viu perto da estação de ônibus, junto com seu namorado. As autoridades confirmaram a compra de duas passagens para Chicago; para onde foram dali, ninguém sabe.

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *