INTRODUÇÃO À TEOLOGIA SISTEMÁTICA – Teologia Sistemática 2

Lucas 8:28 – Little Drops #21
01/07/2015
Igreja de David Luiz e Justin Bieber vem ao Brasil
02/07/2015

INTRODUÇÃO À TEOLOGIA SISTEMÁTICA – Teologia Sistemática 2

A Teologia Sistemática é uma importante ferramenta em nos ajudar a compreender e ensinar a Bíblia de uma forma organizada.

DEFINIÇÃO DE TEOLOGIA SISTEMÁTICA

A palavra “teologia” é derivada dos termos gregos theos, que significa “Deus” e iogos, que significa “palavra”, “discurso”, “tratado” ou “estudo”. A Teologia pode então ser conceituada, do modo mais simples, como “a ciência do estudo de Deus”. O seu campo é estendido não apenas à pessoa de Deus, mas também às Suas obras, de forma que ela tem sido chamada de “o estudo de Deus e de sua relação para com o Universo”,“Sistematizar”, por sua vez, é “reduzir diversos elementos a um sistema” ou “agrupar em um corpo de doutrina”. Sistemático, portanto, é aquilo que segue um sistema, uma ordenação, um método.

Quando se aplica o adjetivo a essa disciplina da enciclopédia teológica não se quer dizer que outras disciplinas (como a exegese ou a teologia bíblica) não seguem qualquer sistema, mas que é a Teologia Sistemática que procura oferecer a verdade acerca de Deus e sua obra, apresentada na Bíblia, como um todo, como um sistema unificado.

Teologia Sistemática é qualquer estudo que responda à pergunta: “O que a Bíblia toda nos ensina hoje?” sobre qualquer assunto. (John Frame,

Westminister Seminary, Escondido, Califórnia – EUA). Essa definição índica que Teologia Sistemática envolve coletar e compreender todas as passagens relevantes na Bíblia sobre vários assuntos e então resumir seus ensinos claramente de modo que conheçamos aquilo que cremos sobre cada assunto.

OUTRAS DEFINIÇÕES DE TEOLOGIA

ALEXANDER:

A ciência de Deus. Um resumo da verdade religiosa cientificamente arranjada, ou uma coleção filosófica de todo o conhecimento religioso (W. Lindsav Alexander).

CHAFER:

Teologia sistemática pode ser definida como a coleção, cientificamente arrumada, comparada, exibida e defendida de todos os fatos de toda e qualquer fonte referentes a Deus e às Suas obras. Ela é temática porque segue uma forma de tese humanamente idealizada, e apresenta e verifica a verdade como verdade (Lewis Sperrv Chafer).

HODGE:

A teologia sistemática tem por objetivo sistematizar os fatos da Bíblia, e averiguar os princípios ou verdades gerais que tais fatos envolvem (Charles Hodge).

THOMAS:

A ciência é a expressão técnica das leis da natureza; a teologia é a expressão técnica da revelação de Deus. Faz parte da teologia examinar todos os fatos espirituais da revelação, calcular o seu valor e arranjá-los em um corpo de ensinamentos. A doutrina, assim, corresponde às generalizações da ciência (W. H. Griffith Thomas)

STRONG:

A ciência de Deus e dos relacionamentos de Deus com o universo (A. H. Strong).

SHEDD:

Uma ciência que se preocupa com o infinito e o finito, com Deus e o universo. O material, portanto, que abrange é mais vasto do que qualquer outra ciência. Também é a mais necessária de todas as ciências (W. G. T. Shedd).

DEFINIÇÕES ERRADAS:

Para definir teologia foram empregados alguns termos enganadores e injustificados. Já se declarou que ela é “a ciência da religião”; mas o termo religião de maneira nenhuma é um sinônimo da Pessoa de Deus e de toda a Sua obra. Da mesma forma já se disse que ela é “o tratamento científico daquelas verdades que se encontram na Bíblia; mas esta ciência, embora extrai porção maior do seu material das Escrituras, extrai também o seu material de toda e qualquer fonte. A teologia sistemática também tem sido definida como oarranjo ordeiro da doutrina cristã; mas como o cristianismo representa apenas uma simples fração de todo o campo da verdade relativa à Pessoa de Deus e o Seu universo, esta definição não é adequada.

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *