Fé – Um Dom de Deus

Ele é Precioso – C.H.Spurgeon
31/03/2016
Apresentando a Questão – A Igreja Apostólica
01/04/2016

Fé – Um Dom de Deus

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus. Ef 2:8

Uma afirmação que incomoda alguns arminianos é a de que a fé é um dom de Deus. Pois sendo a fé um dom de Deus, torna sem sentido o argumento da eleição pela fé prevista: Deus escolheria para a salvação aqueles a quem decidiu dar a fé, o que o tornaria igualmente parcial ao não dar a fé a todos. Por isso, são forçados a afirmar que a fé não é um dom de Deus, e para demonstrar isso recorrem a Efésios 2:8.

O argumento é o seguinte: o pronome demonstrativo τουτο (“isto”) é do gênero neutro e portanto não pode referir-se a πιστεως (“fé”) que é do gênero feminino. E nisto eles estão cobertos de razão. Mas precisa ser dito, também, que “isto” não pode se referir tampouco à graça, pois χαριτι também é feminino. Até mesmo salvação não poderia ser a referência de “isto”, porque σωτηριας é igualmente feminino, além de que a forma aqui é verbal. Claramente, então, “isto” se refere à ideia ou ato da salvação como um todo, incluindo a fé, expressa na cláusula “pela graça sois salvos, mediante a fé”. Ou seja, embora o pronome não se refira diretamente a fé, a inclui com tudo o mais que é necessário para o “sois salvos”, que é um dom de Deus.
Mesmo se dependêssemos apenas dessa passagem para afirmar que a fé é um dom de Deus, não estaríamos desamparados, como vimos. Porém, esta verdade é corroborada por outras passagens, formando uma doutrina consistente com o ensino geral das Escrituras.
Por exemplo, Tiago afirma que “toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes” (Tg 1:17), reforçado por Pedro que escreve “o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade” (2Pe 1:3) a ponto de Paulo perguntar “que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, porque te glorias como se não o houveras recebido?” (1Co 4:7). E isto certamente inclui a fé.
Ademais, a Bíblia afirma que “a fé vem pelo ouvir” (Jo 10:17), indicando que antes da pregação do evangelho não há fé no homem. Aos romanos Paulo fala “da fé que Deus repartiu a cada um” (Rm 12:3), aos efésios da “fé da parte de Deus Pai” (Ef 6:23) e aos filipenses disse “a vós vos foi concedido, em relação a Cristo, não somente crer nele, como também padecer por ele” (Fl 1:29).
Concluímos que conceber a fé como um presente do homem a Deus e não um dom de Deus aos homens é desconsiderar o que a Bíblia diz a respeito do assunto é querer enquadrar a Escritura em nosso sistema teológico.
Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *