Bases Para um Ministério Vivo – Dedicação Total

Bases Para um Ministério Vivo – Vida Cristocêntrica
13/06/2014
Bases Para um Ministério Vivo – Perseguição Do Adversário
15/06/2014

Ele (João) percorreu toda a circunvizinhança do Jordão, pregando batismo de arrependimento para remissão de pecados (Lucas 3.3)

Não apenas ser vocacionado, ser cheio do Espírito Santo, orar e estudar a Palavra de Deus. Vida cristã sem ação é fanatismo, é provocação, é tentação contra Deus. Há pessoas que oram assim: O Deus, abençoa o meu vizinho. E dizem: Ah! pastor, eu oro há quinze anos, mas ninguém se converte. E o pastor pergunta: E você já o visitou alguma vez? E a pessoa responde: Não, eu apenas oro. Assim não adianta, é preciso que a oração seja seguida de ação.

Há gente orando pela família, por seu relacionamento, pelo marido, pelo vizinho, pelo parente, pelo patrão, pelo empregado, pela vida. Há gente que quer um mundo melhor, mas não trabalha para isso. Quer transformar os outros, mas não a si mesma. A marca de um bom ministério é o trabalho árduo, é a dedicação, é o esforço, é o suor. A palavra de Deus diz que João Batista não era preguiçoso, e, sim, trabalhador dedicado. Ele percorreu toda a circunvizinhança do Jordão, pregando o arrependimento para remissão de pecados, e as multidões iam estar com ele para receber o batismo. Realmente, sucesso que vem antes -do trabalho só existe no dicionário. A maioria das igrejas não tem crescido, porque a liderança não trabalha como deveria, e a Bíblia diz que tudo o que o homem semeia, também ceifará.

Quer ter sucesso no ministério? Levante cedo, busque o Senhor, aprenda a remir o tempo e aproveite ao máximo o dia de trabalho, para ser bem produtivo e não apenas praticar um ativismo sem produtividade. Deus nunca chama pessoas desocupadas para o ministério, porque, geralmente, pessoas assim não servem para o sublime trabalho do reino de Deus. Vamos à luta em nome de Jesus, dirigidos pelo Espírito Santo.

Conta-se a estória de uma festa que aconteceu na floresta. Os animais estavam todos reunidos, mas faltava um violão para animar mais ainda os convidados. Tiveram a idéia de lançar sortes para ver quem iria buscar o instrumento musical, e caiu logo para o bicho preguiça. Mais tarde, depois de aproximadamente cinco horas, todos começaram a reclamar, dizendo:

Não é possível! Quanta demora. E o bicho preguiça sai de trás de uma árvo¬re e responde: Se vocês encherem a paciência, não vou buscar nada.
Realmente é engraçado, mas há muita gente assim. Não tem pressa nenhuma para fazer aquilo que Deus já determinou na sua Palavra. São preguiçosos e não trabalham com esforço como deveriam, prejudicando seriamente a obra de Deus.

Mas, graças a Deus que o pre¬cursor do Senhor Jesus foi um grande trabalhador que produziu bastante para o reino de Deus, deixando tudo preparado para a vinda do Messias, o Senhor Jesus Cristo.

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *