BÍBLIA DE JERUSALÉM – REVIEW
28/10/2019
DEUS ENGANOU JEREMIAS? – NASCIDOASK
29/10/2019

Nas suas origens, ele é inseparável do comunismo, cujos objetivos combate — ao mesmo tempo que imita os seus métodos”. A avaliação final do debate foi assim resumida por Norman Davies:

Nos anos 1990, muitos dos argumentos iniciais tornaram-se redundantes. Quando vozes russas se juntaram às persistentes condenações do sistema soviético, a maioria dos seus antigos defensores perdeu o ímpeto. A publicação, em 1997, de O livro negro do comunismo, compilado por uma equipe de desiludidos comunistas franceses e europeus do Leste, mostrou-se irrefutável. A partir daí, os crimes soviéticos figuraram na agenda ao lado dos crimes nazistas.

Em outras palavras, as revelações das barbaridades soviéticas após a queda do comunismo na Europa Oriental, entre 1989 e 1991, e o fim de um muro de censura praticamente total desacreditaram os críticos de Nolte e de seus colegas. E o veredito de Richard Piper é preciso:

O comunismo perdurou mais que o nazismo porque estava do lado vencedor da guerra, mas fracassou e está fadado a fracassar por duas razões: a primeira é que para a igualdade vigorar, seu principal objetivo, é necessário criar um aparelho coercivo que demanda privilégios e, consequentemente, nega a igualdade; a segunda é que fidelidades territoriais e étnicas, quando em conflito com a fidelidade a uma classe, em todo lugar e em qualquer época, vencem de forma esmagadora, dissolvendo o comunismo em nacionalismo, daí o socialismo se combinar, tão facilmente, com “fascismo”

Após a queda do comunismo, foram criadas instituições de pesquisa que se concentraram na análise comparada dele com o nazismo: o Hannah-Arendt-Institut für Totalitarismusforschung (Instituto Hannah Arendt para a Pesquisa sobre o Totalitarismo), fundado em 1993, na Alemanha, o Instytut Pamięci Narodowej (Instituto da Memória Nacional), fundado em 1998, na Polônia, e o Ústav pro Studium Totalitních Režimů (Instituto para o Estudo dos Regimes Totalitários), fundado em 2007, na República Tcheca. 

 

 

Em junho de 2008, na conferência “Consciência Europeia e Comunismo”, realizada em Praga, na República Tcheca, vários intelectuais europeus prepararam a Declaração de Praga sobre Consciência Europeia e Comunismo. 

A partir desse marco, a União Europeia e a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) têm tratado o nazismo e o comunismo como duas formas comparáveis de totalitarismo, denunciando seus muitos crimes contra a humanidade. 

Desde esse momento, vem sendo feitos crescentes esforços para relacionar, em museus, monumentos públicos, dias comemorativos e eventos na Europa, os dois totalitarismos. A data de 23 de agosto foi estabelecida como o Dia Europeu em Memória das Vítimas do Stalinismo e do Nazismo. 

E o uso político de símbolos nazistas e comunistas é atualmente proibido em países da Europa Central que sofreram nas mãos dos dois sistemas: Polônia, Lituânia, Geórgia, Hungria e Moldávia. 

Um documentário seminal foi lançado em 2008, The Soviet story [A história soviética], abordando o comunismo na União Soviética e as relações germano-soviéticas, o genocídio ucraniano, o Grande Expurgo, o massacre dos oficiais poloneses em Katyn, a colaboração do NKVD soviético com a SS (Schutzstaffel, “Tropa de Proteção”) nazista, as deportações em massa na União Soviética e as experiências médicas nos gulags. 

Por fim, durante a Guerra Fria foram produzidas algumas obras que são leitura obrigatória para formar uma mentalidade crítica em face do totalitarismo: O zero e o infinito (1941), de Arthur Koestler; A revolução dos bichos (1945) e 1984 (1949), de George Orwell; Mente cativa (1953), de Czeslaw Milosz; Arquipélago Gulag (1973), de Aleksandr Soljenitsyn; e Cartas a Olga (1988), de Vaclav Havel.

Trecho do livro: Contra a Idolatria do Estado – Franklin Ferreira – Editora Vida Nova

########################################
► Siga-me ◄
✩ Instagram: https://www.instagram.com/nascidodenovooficial/
✩ Facebook: https://www.facebook.com/nascidodenovo.org
✩ Facebook Pr. Raul: https://www.facebook.com/prraulbolota
✩ Twitter: https://twitter.com/nascidodenovo
✩ Site: http://www.nascidodenovo.org ✩ Pinterest: https://br.pinterest.com/nascidodenovo/
✩ Periscope: @nascidodenovo
✩ Cursos do Nascido de Novo: https://nascidodenovo.org/v4/cursos-nascido-de-novo/

######################################
Quer enviar algo para nós? Mande para nossa Caixa Postal:
Caixa Postal 73 - Araraquara - SP - CEP14801-970
Todos os presentes serão mostrados em nossos vídeos de Recebidos e mostrados em nossas redes sociais!
Se não quiser que apareça só mandar uma cartinha junto pedindo sigilo.
Nosso e-mail: contato@nascidodenovo.org

######################################
CONTRIBUA COM O NASCIDODENOVO.ORG:
https://nascidodenovo.org/v4/mantenedores/

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *