A Aliança No Casamento

Catolicismo – Epílogo
16/10/2014
A Receita de Neemias – A confissão a Deus de nossos pecados
17/10/2014

A Aliança No Casamento

Gen. 41.42 E Faraó tirou da mão o seu [anel]-sinete e pô-lo na mão de José, vestiu-o de traje de linho fino, e lhe pôs ao pescoço um colar de ouro.

Ester 3.10 Então o rei tirou do seu dedo o [anel], e o deu a Hamã, filho de Hamedata, o agagita, o inimigo dos judeus;

12 Então foram chamados os secretários do rei no primeiro mês, no dia treze do mesmo e, conforme tudo, quando Hamã ordenou, se escreveu aos sátrapas do rei, e aos governadores que havia sobre todas as províncias, e aos príncipes de todos os povos; a cada província segundo o seu modo de escrever, e a cada povo segundo a sua língua; em nome do rei Assuero se escreveu, e com o [anel] do rei se selou.

Daniel 6.17 E uma pedra foi trazida e posta sobre a boca da cova; e o rei a selou com o seu [anel] e com o [anel] dos seus grandes, para que no tocante a Daniel nada se mudasse:

Lucas 15.22 Mas o pai disse aos seus servos: Trazei depressa a melhor roupa, e vesti-lha, e ponde-lhe um [anel] no dedo e alparcas nos pés;

– Nos tempos bíblicos anel (vou chamá-lo de aliança) representava a assinatura de uma pessoa ou família. Conforme os textos bíblicos acima.

– O anel ou afiança (utilizado na mão esquerda no dedo médio, ao lado do mindinho) representa o compromisso, aliança, contrato, testemunho, etc, de que o seu usuário tam para com outra pessoa, ou até mesmo debaixo de um juramento.

Li um artigo há algum tempo, onde um cientista explicava que o dedo onde a aliança é colocada, possui um nervo especifico que em contato com o ouro da aliança, transmite constantemente uma informação ao cérebro para que seu usuário sempre sinta que utilizada um anel e conseqüentemente o seu compromisso.

– Em suma, o uso ou não da afiança no casamento, pode também nada representar se o seu usuário não valoriza o seu testemunho.

– Em alguns paises utilizam apenas um anel, que pode ser de prata, ouro ou até mesmo cobre.

– Esse pequeno instrumento serve apenas para que o usuário se lembre de que ele fez um voto, juramento, compromisso, etc, diante de Deus, dos homens, anjos, demônios, etc. de que ele é uma pessoa compromissada.

Use com orgulho a sua aliança, diga ao mundo que você tem um compromisso de amor para com sua esposa (o).

Quando lhe perguntarem o porque dessa cafonice, diga-lhes apenas: sou casado(a), amo e sou amada(o), e acima de tudo sou feliz com quem me casei até que a morte nos separe.

 

-Via Pr. Elias

Pr.Raul
Pr.Raul
Pastor do Ministério Nascido de Novo e coordenador do Seminário Teológico Nascido de Novo, Youtuber e marido da Irmã Vanessa Ângelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *