Igreja cresce na Coreia do Norte e cidadãos deixam de idolatrar o ditador Kim Jong-un

//]]>