“Ele era odiado por causa de sua fé”, diz mãe de garoto espancado até a morte na escola