É hora de denunciar o sofrimento dos cristãos perseguidos, diz primeiro-ministro de Israel